segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

2013



Há quem ainda diga que a roupa branca usada na virada do ano mudará algo. Tolos. Quanta superstição, acho que é muita pressão psicológica para uma simples peça de roupa. Você coloca toda a culpa nela se algo durante o ano der errado em sua vida, garanto que mesmo reclamando da situação e que a roupa branca não serviu absolutamente de nada, você irá vesti-la no ano que vem com a mesma ideia de mudança que a sociedade impôs naquele tecido. 

Estou certo que pular ondas também nunca ajudou muito, principalmente sete, que é considerado um número de azar entre os apostadores de plantão que vivem pelos cassinos da vida. Mas fazer pedidos a meia noite é uma forma  escrota de mostrar que você acredita em algo considerado impossível, aos olhos dos que não creem em tal diferença na vida. Porque os pedidos feitos a meia noite da virada de ano, são sempre aqueles que consideramos impossíveis de se realizar, ou por falta de oportunidade ou por medo de investir num futuro prévio. (Não estou criticando os pedidos, apenas quem os pede). Nesse ponto até eu invisto, que nem diz nosso querido Johnny Depp ao interpretar o Chapeleiro em Wonderland: Só será impossível se você acreditar que é impossível. (Façam os pedidos e sejam felizes *-*).

Estou certo que as pessoas sempre querem mudança, uma vida melhor, mais alegrias, mais oportunidades, mas esquecem que se elas não forem o motivo da mudança, nunca terão o que tanto desejam. Essa mudança tem que vir de dentro, um ardor que as façam mudar. Sendo assim, os pedidos serão dispensáveis, pois sempre estarão correndo atrás de seus objetivos e não ficarão apenas se lamuriando por não conseguirem algo que tanto desejam.

Dizem que todo ano será diferente. Mas nunca mudou. Seja o motivo da mudança. Seja você a alegria do seu novo ano. Não deixe que seu sorriso dependa de alguém. Pois como diz o Chapeleiro: Só será impossível, se você acreditar que é impossível.

2 comentários:

  1. Adorei o post...concordo com você em tudo...adoro Alice no País das Maravilhas...você é um excelente escritor e "Você coloca toda a culpa nela se algo durante o ano der errado em sua vida" foi uma frase bárbara...parabéns feliz ano novo

    ResponderExcluir