quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Sentimentos não são prioridades!


Aqui me encontro novamente a pensar,
Pois se há necessidade de desabafo
Também há necessidade de escrever,
Escrever o que o obituário não disse
E relatar o que ainda restou,
Se é que restou!

Era para ser somente mais um por do sol
Nada de adquirir amores
Nada de aquirir paixões
Nada de adquirir ilusões,
Era para ser somente mais um por do sol
Daqueles que tudo é lindo.

O sino da igreja não ressuou
Talvez se ressuasse eu despertasse do transe.
Fiquei envolvido e vi que meu chão foi sumindo
Veio-me memórias em mente
Mas as expulsei, senti que dominaria
Senti que teria controle da situação.

O banco da igreja era desconfortável
E o frio que fazia era extremamente gélido,
Onde as ondas de ar que adentravam no recinto
Faziam com que cada ser ali presente
Abraçasse a si próprio
Suspirando com certo fervor.

Minha visão estava voltada para a grande imagem
A grande imagem de Jesus esculpida na parede.
Os diálogos foram se cessando
A missa iniciou e a paz também,
Os louvores entoaram
e a paz então reinou.

Mas o problema seria concentrar-me
Prestar atenção somente na missa,
Nada de olhar aos arredores
Nada de obter amores
Nada de adquirir flertes, 
Prestar atenção somente na missa.

Mas depois daquele por de sol
Tudo mudou.
A missa das seis da tarde
Apenas fechava o por do sol.
O amor já havia fixado
E se apoderado de mais esse coração.

Ilusões vieram,
Mas nada que um simples escritor
De coração empoeirado
Não soubesse lidar.
Puxou caneta e papel e pôs-se a escrever
Escreveu o que tanto o inquietava.

Avistou o erro e viu que não viveria
Que não viveria de mãos dadas ao amor,
Que apenas veria
Pois estava condenado a ficar só.
A pensar sobre tudo o que fez
E apenas amar a si mesmo.

Entretanto, eu apenas pude me dizer:
Seus dons de escrita aí estão
Ame-os! Use-os!
Mas amor não terá
Pelo menos não tão cedo,
Pois você errou!

É triste? É, realmente
Mas eu aprendi:
Sentimentos não são prioridades
Sua vida sim.
Sentimentos não são prioridades
Você sim.

2 comentários: